Ouro Preto: Dicas para curtir a cidade mineira

Tempo de leitura: 10 minutos
Ouro Preto - Dicas para curtir a principal cidade histórica mineira
Ebook viaje mais barato em 10 passos

Aproveite melhor MAIS viagens gastando MENOS tempo e dinheiro.

Os 10 passos para você programar rapidamente suas viagens sem dores de cabeça e ainda economizar tempo e dinheiro.

Clique na imagem e adquira o curso!

O sobe e desce das ladeiras de Ouro Preto não espanta os turistas. Pois quem visita a cidade mineira, além de se exercitar, também faz uma viagem na história e se encanta!!

Minha ida a Ouro Preto fez parte da minha road trip por Minas Gerais. Se você ainda não viu meus posts sobre os outros destinos, então é só clicar:

Inhotim: Visite o maior museu a céu aberto do mundo

Obras e galerias em destaque em Inhotim

Serra da Canastra: Roteiro de 01 dia

Um pouco da história de Ouro Preto

Ouro Preto - Dicas para curtir a principal cidade histórica mineira

A fusão de diversos arraiais fundados por bandeirantes deu origem a Ouro Preto em 1711. E, como outros municípios mineiros, ele também teve importância especial durante o auge do ciclo do outro na região.

Aliás, Ouro Preto conquistou o posto de cidade mais populosa da América Latina ainda em 1730, dado o interesse que a pedra preciosa despertou em muita gente. E não apenas aqui do Brasil, como também do outro lado do Atlântico!

Sem dúvida, a chegada de tanta gente atrás de riqueza acabou por enriquecer todo o entorno. Pois o fato é que os assentamentos foram se formando conforme novos trabalhadores chegavam para dar suporte à atividade mineradora.

E, antes de seguir adiante, cabe dizer que Ouro Preto ganhou este nome por conta de uma característica do ouro encontrado por ali naquela época. Visto que o mineral tinha uma tonalidade escura por conta de uma camada de óxido de ferro, a cidade recebeu este nome.

Mas o prestígio de Ouro Preto foi além, chegando ao século XIX. Após a independência, tornou-se a capital oficial da província de Minas Gerais. Desse modo, viu serem fundadas a Escola de Farmácia (a primeira da América Latina) e a Escola de Minas (ainda hoje uma importante instituição de engenharia).

Mesmo com a proclamação da república e adoção do federalismo, Ouro Preto manteve o título de capital do estado. Apenas o perdeu em 1897, já quase no século XX, com a inauguração de Belo Horizonte. Mas isso foi positivo, viu? Pois, assim, o Centro Histórico de Ouro Preto manteve-se preservado.

No presente, a cidade ainda atrai muita gente de todos os cantos do globo. No entanto, o motivo agora não é a corrida do ouro, mas o turismo mesmo.

Como chegar a Ouro Preto

Pela BR-356, Ouro Preto encontra-se a 100 km de Belo Horizonte. Já pela BR-040, está a 130 km. No entanto, fui à cidade depois de visitar Tiradentes, distante 160 km. Por certo, viajar com um carro alugado tem as suas vantagens. E uma delas, sem dúvida, é poder fazer os seu próprio roteiro. Bem como conhecer mais de perto as histórias escondidas que a estrada revela.

Para chegar em Ouro Preto a partir de Belo Horizonte, você pode contratar um serviço de transfer, veja abaixo:

Mas, se você quer vir comigo em mais esta viagem, mantém contato que organizo tudo para você.

E para aqueles que gostam de montar sozinho a sua viagem, mas ainda não dominam planejamento de viagem, aproveita agora e adquire o nosso e.book.

Aprenda em 10 passos: Planejando a sua viagem

O que conhecer em Ouro Preto

Ouro Preto - Dicas para curtir a principal cidade histórica mineira

Sem dúvida, fazer um city tour pelas cidades que visito é item indispensável em meus roteiros. Pois é dessa forma que conheço as principais atrações. Além disso, ainda me ajuda a me situar melhor no destino, pois vou também mapeando o que está próximo de que.

No meu caso, optei por fazer esse passeio e adorei. Assim, pude conhecer o Centro Histórico e passei por alguns dos museus e igrejas com maior importância histórica e cultural de Ouro Preto. Além de ter o plus de circular de jardineira pela cidade.No meu caso, optei por fazer esse passeio e adorei. Assim, pude conhecer o Centro Histórico e passei por alguns dos museus e igrejas com maior importância histórica e cultural de Ouro Preto. Além de ter o plus de circular de jardineira pela cidade.

Porque uma coisa que temos que concordar é que a cidade pede um preparo físico dos turistas. E haja sobe e desce de ladeiras!! kkkkk

Porém, não tenha medo. Vá no seu ritmo e explore mesmo Ouro Preto a pé. Acho que vale muito a pena, por exemplo, caminhar e observar o nome das várias repúblicas de estudantes. Me chamou atenção nomes como esses das repúblicas abaixo e tantas outras.

E siga para conhecer diferentes mirantes e eleger onde assistiu ao pôr do sol mais bonito.

A seguir, listo atrações que merecem mais que fotos do lado de fora.

Visite as Igrejas de Ouro Preto

Entre as igrejas imperdíveis em Ouro Preto estão a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar, a Igreja de São Francisco de Assis, Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição de Antônio Dias, a Igreja de Nossa Senhora do Carmo, a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos e a Igreja de Santa Efigênia.

No post abaixo destaco aquelas que visitei. Mas já vou adiantar, todas valem a visita.

3 Igrejas destaques em Ouro Preto MG

Visite os museus

Museu da Inconfidência

A princípio, o prédio do Museu da Inconfidência abrigou a Casa de Câmara e a Cadeia de Vila Rica. Foi só com a repatriação dos restos mortais de inconfidentes exilados na África, já no governo de Getúlio Vargas, que o edifício setecentista iniciou seu processo de transformação em museu.

Aliás, sua localização já é bem significativa, pois encontra-se na Praça Tiradentes. Além do período que marcou o processo de independência do Brasil, o museu também conta a história de Ouro Preto como um todo. Desse modo, mais que apresentar a história dos inconfidentes, ele resgata a história da vida social, política e artística de Minas Gerais do século XVIII a XIX.

Entretanto, não é possível registrar seu passeio ao passado com fotos, pois não é permitido fotografar seu interior.

A visitação acontece de terça a domingo, das 10h às 18h, e seu ingresso custa R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Conheça também o Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas/UFOPS, o Museu de Arte Sacra de Ouro Preto e o Museu Aleijadinho.

Museu Casa dos Contos

Ouro Preto - Dicas para curtir a principal cidade histórica mineira

O casarão que abriga o Museu Casa dos Contos já viveu muita história. A princípio, a casa foi uma residência e, depois, Casa de Contratos. Em seguida, inconfidentes ali se refugiaram e, mais tarde, esta foi a sua prisão. Mas o nome tem origem mesmo na época em que a casa sediava a Administração e Contabilidade Pública da Capitania de Minas Gerais. Vale ressaltar, que conta da pandemia, os horários de abertura estavam limitados, então não consegui visitar o Museu. Mas o prédio chama atenção de todos que passam na rua.

O museu encontra-se no Largo do Cinema, assim conhecido por ter recebido as primeiras salas de projeção da cidade. Embora receba algumas exposições, o sobrado em estilo barroco tem coleções próprias, a exemplo da que reúne cédulas, moedas e medalhas. Os cômodos também são o lar de objetos e móveis de época.

Um dos cômodos mais impressionantes é a senzala, ainda que ele conte uma parte trágica de nossa história com repercussões até hoje. Também vale a pena caminhar pelo Horto dos Contos e aproveitar a área verde em meio às construções apertadas do Centro Histórico.  

Você pode visitar o Museu Casa dos Contos na segunda, das 14h às 18h; terça a sábado, das 10h às 17h; domingos e feriados, das 10h às 15h. E o melhor é que a entrada é gratuita.

Além da Casa dos Contos, sugiro uma visita à Casa de Tomás Antônio Gonzaga, Casa dos Inconfidentes e Casa da Ópera. Todos eles têm como atração principal o próprio edifício, além de funcionarem como centros culturais.

Outras atrações imperdíveis

Mirantes eu Ouro Preto

Ouro Preto oferece diversos mirantes naturais, você vai encontrá-los em toda parte, já que a cidade tem formações montanhosas. Desta forma, aproveite e curta cada um deles.

Pôr do sol em Ouro Preto

Ouro Preto - Dicas para curtir a principal cidade histórica mineira
O Mirante em frente a Igreja Nossa Sra do Carmo é um bom lugar para assistir ao põr do sol em Ouro Preto

Tem muitos locais em Ouro Preto para assistir ao pôr do sol, mas, um muito procurado é um mirante em frente a Igreja Nossa Senhora do Carmo.

Eu corri muito para chegar lá… não deu tempo. No entanto, acabei assistindo na rua Brigadeiro Musqueira, que fica próxima a igreja, e foi um espetáculo. Desta forma, foi lá, que sentei na calçada e curti o momento.

O que conhecer nos arredores

Mina Filipe dos Santos

Quem vai a Minas Gerais ouve muito falar sobre o ciclo do ouro. E como Ouro Preto tem papel de destaque nessa história, não tem como não viver a experiência de visitar uma mina.

Eu tive essa experiência, pois conheci a mina Filipe dos Santos, e aviso logo: a visita é imperdível! A antiga mina resgata a época da exploração do ouro e outros minérios de forma artesanal naquela região. Também nos coloca em contato com a realidade da escravidão desumana no local.

A mina fica no Morro da Queimada, assim chamado porque a casa de alguns mineiros foram destruídas e queimadas após uma revolta. Tudo porque a Coroa Portuguesa decidiu combater a sonegação de imposto sobre o ouro com as casas de fundição.

Me emocionei, fiquei triste e indignada, mas acredito que a visita vale a pena. Afinal, precisamos conhecer a nossa história e como se deu a exploração das nossas riquezas. Inclusive, acho que o guia Kennedy fez toda diferença no nosso passeio.

Parque Estadual do Itacolomi

Já que mencionei a área verde no Centro Histórico de Ouro Preto, não posso deixar de falar sobre as belezas naturais da cidade. Por isso, cito o Parque Estadual do Itacolomi como um dos passeios que precisam estar no seu roteiro.

Ouro Preto - Dicas para curtir a principal cidade histórica mineira

Ao passear por Ouro Preto, sem dúvida que você avistará a grande ponta de pedra que marca a paisagem da cidade.

Entre suas atrações, destaco a represa e o Mirante do Custódio, o Museu do Chá e as visitas guiadas ao Morro do Cachorro e ao Pico do Itacolomi.

O parque está aberto à visitação de terça a domingo, das 8h às 17h.

Um destino para dias de viagem

Eu tenho certeza que poderia ter passado mais dias em Ouro Preto. Porque a verdade é que a cidade tem várias igrejas, minas, museus e povoados incríveis. Leve a sério o que digo: cada mirante vale, sim, uma foto linda demais!

Se você chegou ao final do texto desejando viajar para Ouro Preto, pode contar com a agência Viaje com Norma!! Basta entrar em contato pelo WhatsApp e logo estaremos planejando os detalhes! Ou, se preferir, consulte nossos parceiros.

Onde se hospedar em Ouro Preto

Não esqueça, eu posso montar a sua viagem. Para isso, basta mandar mensagem abaixo.

De fato, o ideal é eleger cidades como base para se hospedar e explorar mais a região. No meu caso, escolhi a Pousada Solar da Ópera, um casarão do século XIX. Todo adaptado, o casarão é perfeito para quem curte os detalhes e a originalidade da história da arquitetura colonial mineira. Além, claro, de oferecer delícias mineiras como bolos e cafés no Ópera Café. Enfim, eu recomendo!

Mas, se você quer escolher sozinho a sua hospedagem consulte o Booking.com.

Onde comer em Ouro Preto

Vou sugerir duas opções que conheci e gostei:

Ouro Preto - Dicas para curtir a principal cidade histórica mineira

Um restaurante econômico, serviço self service a quilo, para aquele almoço rápido:

Churrascaria Ouro Preto ou Bar e Churrascaria 7 de ouros. Localizado na rua Conde de Bobadela, 76, próximo a Pousada Solar Ópera.

Um bar e restaurante elegante, comida gostosa, ambiente agradável, enfim, muito especial para almoço ou jantar. Por conta disso, fui, repeti e escolhi para comemorar o meu aniversário:

Restaurante Seu José. Localizado na rua São José, 52 .

Destino bate e volta a partir de Ouro Preto

Inclusive, é possível fazer bate e volta a cidades próximas e igualmente famosas. Por exemplo, Mariana e Lavras Novas estão a 14 e 16 km de distância!!

Se houver tempo, conheça também as cidades históricas abaixo:

Tiradentes MG: o que fazer na cidade mineira

Congonhas MG, destino para os romeiros

Um dia para conhecer São João del Rei MG

E saiba mais sobre a capital mineira

Belo Horizonte em três dias: o que conhecer?

Igreja São José, ponto turístico imperdível em BH

Posts Relacionados

Veja posts com dicas para planejar sua viagem!

Em seguida, baixe meus e-Books gratuitos:

E book - 10 dicas para arrumar sua mala de viagem
E book check list de viagem

Encontre sua hospedagem

Reserve aqui o seu carro

Compre ingressos sem fila

26 de março de 2022

Sobre Mim

Sou uma viajante apaixonada pelo mundo. Trabalhei 30 anos no ramo financeiro e hoje me realizo como microempresária e criadora de conteúdo de viagem. Como viajante, conheço 42 países e 20 estados brasileiros. Meu propósito nas redes sociais, é compartilhar minha experiência e aprendizado de viagem e de vida, com meus clientes e seguidores, com o objetivo de ajudar a todos a realizarem os seus sonhos de viagem.

De Onde Sou

Gostou da viagem? Deixe um comentário sobre a experiência!

 

4 Comentários

  1. Sonia Pedrosa

    Quanta riqueza, quanta história! Esse post sobre Ouro Preto: Dicas para curtir a cidade mineira está completo, pronto para uma pessoa como eu, que não conhece e está doida ora ir lá. Valeu por compartilhar.

    Responder
    • Olivia

      Já faz muito tempo que eu fui a Ouro Preto e estou planejando voltar. Obrigada por compartilhar, vou certamente salvar seu post para a minha viagem, está muito completo.
      Beijos

      Responder
      • Norma

        Obrigada Olivia, salva mesmo e aproveita a sua viagem a Ouro Preto.

        Responder
    • Norma

      Obrigada Sonia, precisa conhecer Ouro Preto mesmo.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe esse artigo!

Mostre a seus amigos o seu possível próximo destino.

Compartilhe esse post!

Mostre a seus amigos seu possível novo destino.