fbpx
Topo

Lençóis Maranhenses: três dias no oásis nordestino

 

Lençóis Maranhenses - o que fazer em 3 dias no oásis Nordestino

Mas o que fazer em 3 dias nos Lençóis?

 

Os Lençóis Maranhenses fazem parte de um Parque Nacional de área protegida, localizado no Maranhão. Contando com 1.550 m², tem paisagens exuberantes que mais parecem de outro mundo e englobam dunas e lagoas.

Eu tive a sorte de poder passar três dias nesse paraíso nordestino. Foram dias intensos, pois quis aproveitar ao máximo o meu tempo por lá. Mas, ainda assim, que proporcionaram descanso – também pudera, vocês terão um gostinho do que vivi com as fotos que vou postar!

Infelizmente, três dias não são suficientes para conhecer todas as belezas que os Lençóis Maranhenses têm a oferecer aos seus visitantes – para minha felicidade, essa não foi minha primeira vez lá. Mas eu vou desde já agradecendo a Rota Combo, empresa que organizou o nosso tour e passeios na região.

 

Lençóis Maranhenses - o que fazer em 3 dias no oásis Nordestino

Mapa da Região dos Lençóis Maranhenses

 

A Rota Combo conhece bem a Rota de Emoções e oferece, com exclusividade, os roteiros pelos Lençóis Maranhenses (Maranhão), Delta do Parnaíba (Piauí), Barra Grande (Piauí) e Jericoacoara (Ceará). Além disso, a sua reserva pode ser feita online na plataforma da empresa.

 

Se quiser saber mais sobre dunas e praias do Brasil e do mundo, então leia também:

Dunas do Jalapão, no Tocantins, é imperdível

Pipa- RN, destino dos sonhos dos brasileiros

Boa Vista, a Ilha das Dunas em Cabo Verde

O que fazer na Ilha do Sal em Cabo Verde

 

Lençóis Maranhenses: Onde a aventura começou

 

Lençóis Maranhenses - Imagem das dunas infinitas e suas lagoas

Lençóis Maranhenses – Imagem das dunas infinitas e suas lagoas

 

Chegamos a Barreirinhas às 13 horas e aproveitamos para fazer o tour da tarde já com o pôr do sol nas dunas incluso – não podíamos perder tempo, né? A empresa nos pegou no hotel às 14 horas para seguirmos direto para o tour no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

O acesso ao parque é feito em carros com tração nas quatro rodas (4×4), pois a trilha é sobre a areia. Imagine balançar, em velocidade mais reduzida (não há como correr) por cerca de uma hora – e, sim, valeu muito a pena!

Logo na chegada, onde os carros ficam estacionados, há barraquinhas onde pode-se comprar lanches e água, muito importante para ficar hidratado.

 

O visual a partir das Dunas para a vegetação que compões o Parque

O parque é surpreendente para todos os lados que você olhar.

 

Já o acesso às dunas é a pé, por uma subida íngreme sofrível. Como eu disse, nada que não seja recompensado com um cenário simplesmente incrível. Na chegada ao topo das dunas, avistamos aquele visual impressionante. Não tem como negar: a natureza sempre nos surpreende!

 

Subida radical no acesso aos dunas dos Lenções Maranhense

Subida radical no acesso às dunas dos Lençóis Maranhenses

 

E o pôr do sol, claro, é imperdível.

 

Lençóis Maranhenses - Por do Sol imperdível

Sobretudo, o pôr do sol nos Lençóis Maranhenses é imperdível

 

Dia#1- Lagoa Bonita

 

Lagoa Bonita - uma das mais bonitas dos Lençóis Maranhenses

Enfim, a Lagoa Bonita é linda!

 

Iniciamos os trabalhos do roteiro pelos Lençóis Maranhenses fazendo o circuito da Lagoa Bonita – um dos mais populares da região. Veja bem, são centenas de lagoas e, acredite!, é difícil escolher a que seja a mais bonita. Passear pela Lagoa Bonita e as adjacentes só deixou um gostinho de quero mais!

O fato mais marcante desse passeio é, com certeza, a subida íngreme em dunas de 30 metros. Inclusive, uma corda está à disposição para ajudar os aventureiros. No entanto, o esforço é recompensado por uma das vistas mais lindas do parque.

 

Subida radical no acesso aos dunas dos Lenções Maranhenses

Subida radical no acesso às dunas dos Lençóis Maranhenses

 

Além disso, as lagoas do trajeto feito a pé são realmente encantadoras. As lagoas mais famosas, além da Bonita, são a Lagoa do Maçarico e a Lagoa do Clone – isso mesmo: onde foi filmada a novela O Clone!

Para chegar ao parque, é preciso percorrer um trajeto motorizado de 15 km, divido entre 4×4 e balsa, a partir de Barreirinhas. O número de lagoas a serem visitadas, bem como o tempo destinado ao banho, irá depender da agilidade do grupo. O passeio de cerca de 5 horas pode ser feito tanto pela manhã como à tarde – e aqui tem o plus de você poder aproveitar mais um pôr do sol de tirar o fôlego.

 

Lençóis Maranhenses - Onde a Mas o que fazer em 3 dias nos Lençóis começou

E, afinal, onde a aventura começou? Pôr do Sol nas Dunas, claro

 

Mas, como sempre, para mim, o melhor sempre é a diversão… Subir e descer as dunas correndo, descer a duna rolando e ficar igual a frango empanado e depois… aquele banho delicioso de água doce que só quem já tomou conseguirá entender.

 

Lençóis Maranhenses, diversão garantida

Lençóis Maranhenses – diversão garantida

 

Mas e o o circuito da Lagoa Azul?

Outro circuito igualmente famoso nos Lençóis Maranhenses é o da Lagoa Azul, a 12 km de Barreirinhas. E, como muitas vezes é preciso estabelecer prioridade nesta vida, o da Lagoa Bonita sai na frente por um critério de desempate simples: água. Por ter maior número de porções de água, ainda que não tão badalado, o circuito da Lagoa Bonita acaba sendo mais bonito.

Como o tempo de duração deste passeio é de cerca de 4h30, sugiro que você o faça se tiver mais tempo no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. E lembre-se de levar comes & bebes de Barreirinhas, porque não há onde comprar no local.

 

Dia#2 – Canto de Atins

 

Praia de Atins - um passeio delicioso para quem visita os Lençóis Maranhenses

E vivemos um lindo dia no passeio de Atins.

 

Antes de falar sobre o nosso segundo dia de passeio, é válido falar um pouco mais sobre esse povoado que tem ganhado mais destaque junto aos turistas que vão aos Lençóis Maranhenses.

Tranquilo e com clima descolado, Atins tem atraído os amantes de kitesurf (há escolas no local), pois está localizado à beira-mar entre o Rio Preguiças, com dunas repletas de lagoas. Sem contar que Atins é o lar dos mais famosos camarões do parque!

Fizemos um bate e volta, saindo de Barreirinhas em veículo 4×4, uma jardineira que tem a caçamba adaptada para receber bancos. Em seguida, fizemos uma travessia em balsa pelo Rio Preguiças e seguimos por trilha off-road passando por dunas do parque.

 

 

É puxado? É! Tem sacolejo? Tem! Mas, Norma, tem certeza que vale a pena? Absoluta! Aproveitar um dia lindo em praias desertas e paradisíacas é inesquecível!

 

O Passeio para Atins é feito de carro 4x4 passando pelo parque, dunas e praias

Passeio de Atins com o sacolejo do carro 4×4

 

O passeio em Atins

 

Praia de Atins - um passeio delicioso para quem visita os Lençóis Maranhenses

A linda Praia de Atins

 

Nossa primeira parada foi na Praia de Atins. O encontro do rio com o mar e o delicioso banho  de mar: foi nesse momento em que parei para agradecer e esqueci o sacolejo do trajeto para chegar!

Logo, chegamos ao Canto do Atins, onde comemos camarões grelhados com molho secreto (destaque no local). São dois restaurantes de propriedade de dois irmãos que, embora tenham o camarão como carro chefe, também servem outras iguarias.

 

Restaurante Sr. Antônio no Canto de Atins e seus maravilhosos camarões

Camarões no restaurante do Sr. Antônio

 

A nossa opção foi o Restaurante do Sr. Antônio, o lugar (no meio do nada), é simples, mas muito encantador e a comida, perfeita.

 

Restaurante Sr. Antônio no Canto de Atins e seus maravilhosos camarões

Canto de Atins – Restaurante do Sr. Antônio

 

Para quem gosta de sombra e água fresca, eu sugiro reservar um tempo após o almoço para fazer nada e curtir o redário dos restaurantes.

Após o almoço, seguimos para a Praia de Canto de Atins

 

A beleza e a imensidão da Praia Canto de Atins

A beleza e a imensidão da Praia Canto de Atins

 

. Uma imensidão de areia, totalmente deserta, águas azuis e piscinas naturais cercada de dunas. Enfim, um paraíso.

 

A beleza e a imensidão da Praia Canto de Atins

Praia Canto de Atins – um paraíso perdido

 

Lagoa do Gavião

Nós terminamos o dia na Lagoa do Gavião, lugar bem aprazível onde pudemos nos maravilhar com um pôr do sol indescritível.

 

A encantadora Lagoa do Gavião nos Lençóis Maranhenses

Lagoa do Gavião

 

Por fim, aproveitamos para tomar um delicioso banho de Lagoa, tirar fotos e relaxar.

 

A encantadora Lagoa do Gavião nos Lençóis Maranhenses

Banho na Lagoa do Gavião

 

Dia#3 – Rio Preguiças

 

Passeio pelo Rio Preguiças - Vassouras

Passeio pelo Rio Preguiças – Vassouras

 

O nosso último dia também teve passeio de dia todo para que pudéssemos viver mais emoções. Assim, andamos de lancha voadeira pelo Rio Preguiças com paradas em Vassouras, Mandacaru e Caburé.

 

Passeio de voadeira pelo Rio Preguiças - Pequenos Lençóis Maranhenses

Voadeira pelo Rio Preguiças

 

Engana-se quem pensa que a “lancha voadeira” impede que os turistas tenham a chance de conhecer a região. Sim, há muito para se ver e aprender e, exatamente por isso, o veículo precisa ser rápido! Entre as paradas nos povoados e as explicações do guia sobre a fauna e flora local, fomos tendo a oportunidade de ver cenários bem diferentes do que vimos nos primeiros dias.

 

Primeira parada: Vassouras

Em Vassouras, curtimos as dunas e lagoas dos Pequenos Lençóis. O bom mesmo é aproveitar o tempo que o guia dá para caminhar entre as montanhas de areia e intercalar com banhos refrescantes nas lagoas.

Sem contar que há torres de energia eólica que dão um efeito super especial à paisagem. Entretanto, cuidado com o vento, que sai levando seu chapéu e quase te derruba…

 

Passeio pelo Rio Preguiças - Vassouras - Pequenos Lençóis

Passeio pelo Rio Preguiças – Pequenos Lençóis, Vassouras 

 

No entanto, fique atento com os saguis que vivem por ali, junto à cabana de palha onde se vende artesanato. Acostumados com o movimento dos turistas, os macaquinhos não temem chegar perto e, num vacilo, podem levar algo seu!

Observe, nas fotos abaixo, o momento exato em que fui atacada por um sagui. Sem dúvida, foi meio estressante!

 

 

Segunda parada: Mandacaru

A segunda parada, em Mandacaru, tem como principal atração a visita ao Farol com 35 metros de altura. Se eu recomendo encarar a subida? Com certeza! Afinal, lá de cima você tem uma linda vista do rio e do mar.

Porém, no dia em que fomos, o acesso estava fechado por causa de obras.

 

Passeio de voadeira pelo Rio Preguiças - Pequenos Lençóis Maranhenses - Farol de Mandacaru

Farol de Mandacaru

 

Mas, se preferir ficar mais próximo ao nível do mar, visite as lojinhas e quiosques que vendem sorvetes e bebidas para se refrescar.

 

Passeio de voadeira pelo Rio Preguiças - Pequenos Lençóis Maranhenses - Mandacaru

Mandacaru e o artesanato

 

A dica é aproveitar para experimentar a caipirinha de caju, fruta típica da região.

 

Passeio de voadeira pelo Rio Preguiças - Pequenos Lençóis Maranhenses - Mandacaru

Mandacaru e sua cachaça

 

Terceira parada: Caburé e o encontro do rio e do mar

 

Passeio de voadeira pelo Rio Preguiças - Pequenos Lençóis Maranhenses - Caburé

Encontro do Rio com o Mar – Caburé

 

Por fim, chegamos em Caburé, uma linda praia deserta onde paramos para relaxar. Uma estreita faixa de areia separa o Rio Preguiça do mar – ou seja, um convite para o descanso! Almoçamos aqui mesmo, em uma das opções locais de quiosques e restaurantes.

 

Passeio de voadeira pelo Rio Preguiças - Pequenos Lençóis Maranhenses - Caburé

Caburé – Rio Preguiças

 

Além disso, aproveitamos para alugar um quadriciclo e ir até as torres de energia eólica. Em seguida, fomos na direção contrária, onde está a foz em que mar e rio se encontram. Foi uma forma maravilhosa de encerrar o dia! Na volta, retornamos para Barreirinhas sem paradas.

 

Passeio de voadeira pelo Rio Preguiças - Pequenos Lençóis Maranhenses - Caburé

Passeio de quadriciclo

 

Passeio de voadeira pelo Rio Preguiças - Pequenos Lençóis Maranhenses - Caburé

Passeio de quadriciclo

 

Há quem opte por fazer esse passeio indo de barco e voltando de quadriciclo, de forma a conhecer diferentes paisagens e parar para banho em lagoas isoladas. Mas esse passeio costuma ser mais caro, por conta do valor do aluguel do quadriciclo. No entanto, é uma boa ideia fazer dois passeios em um, para quem tem pouco tempo.

 

Passeio de voadeira pelo Rio Preguiças - Pequenos Lençóis Maranhenses - Caburé

Paisagens incríveis nesse passeio

 

Quando ir aos Lençóis Maranhenses?

 

Quanto ir aos Lençóis Maranhenses

Com certeza, diversão garantida

 

As dunas são uma marca forte do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. No entanto, o mais especial é a beleza do encontro do mar de areia branca e fina com os oásis de água. Isso só é possível porque chove bastante durante o primeiro semestre, o que faz as lagoas encherem.

A partir de junho, as chuvas deixam de ser frequentes e o sol impera na região com toda força. É quando as lagoas começam a lentamente secar e, lá para meados de outubro, a maioria está seca. Então, a melhor época para estar lá é no segundo semestre, certo?

Não exatamente… É que você tampouco quer estar lá na época de chuva, pois o tempo estará fechado e você acabará perdendo a beleza de ver o cenário com as lagoas recebendo a luz solar. Dito isso, faça o possível para viajar entre junho e setembro. Assim, vai ter mais chance de encontrar as lagoas com água e o tempo bom. No entanto, eu viajei em dezembro e, apesar das lagoas estarem mais secas, deu para aproveitar bastante a viagem.

E, falando como alguém que já visitou os Lençóis Maranhenses mais de uma vez, saiba que, no fim, a emoção é sempre única – bem como as lagoas não são iguais. É um mundo de dunas permeadas com lindas lagoas, formando diversos oásis naquele deserto… Um verdadeiro paraíso! Tá esperando o que para colocar esse destino na sua lista de desejos?

 

Mais informações sobre os Lençóis Maranhenses

 

Como chegar aos Lençóis Maranhenses e onde ficar 

 

Road Trip para Lençóis Maranhenses

Viagem de carro para Lençóis Maranhenses

 

Independentemente de por onde entrar no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, a melhor opção para chegar ao Maranhão é voar até sua capital, São Luís – clica aqui se você quer promoção de passagem. De lá, é possível ir para Santo Amaro do Maranhão (a 235 km de São Luís), Atins (de Barreirinhas, pega-se uma embarcação) ou Barreirinhas (a 260 km de São Luís) de carro.

Nós optamos pela comodidade de alugar um carro da Rentcars e, assim, poder fazer o nosso próprio itinerário em nosso ritmo, parando onde quiséssemos. No fim, utilizamos como base a cidade de Barreirinhas.

 

Barreirinhas, porta de entrada para os Lençóis Maranhenses

Dunas de Barreirinhas, porta de entrada para os Lençóis Maranhenses

 

E foi, realmente, uma decisão estratégica: este município tem estrutura melhor de receptivo, acesso asfaltado e até um pequeno aeroporto. Como o tempo era curto (apenas três dias), essa foi a melhor escolha para nós.

Ademais, a cidade oferece diversidade de hotéis, restaurantes e tem várias empresas de viagens. O único porém é que ela atrai muitos turistas. Por isso, você deve ter atenção ao timing para fazer sua reserva.

Mas, optando por Barreirinhas, há ainda a possibilidade de ir tanto de ônibus estadual como de transfer. Sem dúvida, tudo depende do seu planejamento e disposição.

 

Barreirinhas, porta de entrada para os Lençóis Maranhense

Orla de Barreirinhas – Rio Preguiças

 

Onde se hospedar em Barreirinhas

Como eu disse acima, Barreirinhas é a melhor opção se você quer uma boa infraestrutura para turistas. Já que é bem procurada, sua orla acaba sendo animada e tem até balada para curtir à noite!

No entanto, para ajudar você, vou dar duas dicas em relação à hospedagem.

Primeiramente, se você quer sossego, procure um hotel próximo ao Rio Preguiças. Além de contar com o visual incrível do rio a qualquer momento, essas hospedagens são mais acolhedoras e intimistas. Só leve em conta a desvantagem da dificuldade de locomoção se você estiver sem carro.

Agora, se você quer estar onde tudo acontece, então o centro é o lugar ideal para sua estadia. Afinal, é essa a região que concentra grande parte dos restaurantes. Assim, a sua pesquisa deve se concentrar entre a Avenida Beira Rio e a Praça do Trabalhador. E você ainda pode conhecer os principais pontos de Barreirinhas a pé.

Por fim, é bom lembrar que, seja no sossego ou no burburinho, você encontra as melhores ofertas no Booking.com.

No meu caso, optei por ficar no Porto Preguiças Resort e foi uma experiência única. Com acesso ao Rio Preguiças, o hotel tem várias piscinas (a principal tem areia no fundo), fontes, restaurante, salão de jogos, enfim, adoramos o nosso período de hospedagem. No entanto, o Hotel fica a 4 km do centro de Barreirinha, então, o ideal é estar de carro.

 

 

Sobretudo, no retorno do passeio, ainda dava para aproveitar as piscinas com água do Rio Preguiças.

 

 

Onde comer em Barreirinhas

Vai se hospedar em Barreirinhas? Então é melhor se preparar! Como outras cidades do Nordeste, há uma boa diversidade de opções de menu, que vão de frutos do mar à comida regional – como carne de sol, cabrito e galinha caipira. Sem contar que há ainda a possibilidade de comer outras iguarias como pizza, sushi e tapioca!

Para quem já está hospedado no centro, o melhor é caminhar à beira do rio para encontrar um bom local. Há um deck agradável em que você pode caminhar enquanto decide o que comer e até mesmo sentar-se em uma mesa.

Mas, se o seu hotel fica mais distante, você pode procurar saber se ele oferece refeição. Desse modo, você aproveita para descansar mais e se preparar para as aventuras do próximo dia.

Das três noites que estivemos por lá, uma jantamos no Restaurante do Porto Preguiças Resort (muito bom). Já nas outras duas, fomos ao centro de Barreirinhas.

Assim, dos restaurantes que conheci, indico o Bambaê Bar e Restaurante e Pizzaria, com ambiente gostoso e comida boa.

 

Onde comer em Barreirinhas

Bambaê Bar, Restaurante e Pizzaria

 

O que levar para os Lençóis Maranhenses

 

Importante levar roupas leves, roupas de banho, blusas com proteção UV, chinelos, chapéu e protetor solar. Nos passeios, não esqueça de levar lanches e muita água para se hidratar.

Ainda não sabe onde encontrar o que precisa? Compre aqui o necessário para a sua viagem: AMAZON.COM

 

 

Vai viajar? Planeje aqui a sua viagem

 

Sobretudo, baixe e-books gratuitos sobre viagem

 

Assim, aqui você encontra ¨10 dicas de como arrumar sua mala de viagem¨

Além disso, baixe o ¨Check list de viagem¨

 

 

Em seguida, faça suas reserva com nossos parceiros

 

1- Primeiramente, compre suas PASSAGENS na PASSAGENS PROMO

 

 

2- Em seguida, reserve sua HOSPEDAGEM no BOOKING.COM

 

3- E, para viajar tranquilo, faça seu SEGURO VIAGEM com a SEGUROS PROMO

 

Seguro Viagem: Brasil
GTA BRASIL 18 GTA BRASIL 18 Assistência médica R$ 18.000 Bagagem extraviada R$ 600 (COMPLEMENTAR) R$ 5/dia*
Affinity 18 Brasil Affinity 18 Brasil Assistência médica R$ 18.000 Bagagem extraviada R$ 600 (SUPLEMENTAR) R$ 6/dia*
TA 30 BRASIL TA 30 BRASIL Assistência médica R$ 30.000 Bagagem extraviada R$ 1.500 (COMPLEMENTAR) R$ 6/dia*

 

4- Alugue seu carro e faça a ROAD TRIP dos seus sonhos com a RENTCARS

 

5- Compre INGRESSOS online no mundo inteiro no GET YOUR GUIDE

 

6- Para ficar conectado, compre seu CHIP INTERNACIONAL:

VIAJE CONECTADO

EASYSIM

AMERICA CHIP

 

E NÃO ESQUEÇA: DEIXE O SEU COMENTÁRIO E SE INSCREVA NA NEWSLETTER

0

Comentários:

  • Avatar

    Nathalia

    21 de dezembro de 2020

    Morro de vontade de conhecer os lençois maranhenses, e achei esse roteiro de três dias, perfeito. Amei a sua dica de quando visitar, é sempre uma dúvida, mas vou deixar para viajar entre junho e setembro.

    Resposta...
  • Avatar

    Deyse

    21 de dezembro de 2020

    Um dos meus sonhos ainda não realizados, conhecer os Lençóis Maranhenses. Adorei o seu roteiro de três dias neste oásis nordestino. Vou tentar segui-lo quando for! Adorei as sugestões!

    Resposta...
  • Avatar

    Cintia Grininger

    21 de dezembro de 2020

    Que post completo sobre os lençóis maranhenses! Sou doida para conhecer a região e precisava de informações desse tipo, bem detalhadas. Que lugar lindo!

    Resposta...
  • Avatar

    Van

    21 de dezembro de 2020

    Nossa norma que delicia! Os Lençóis Maranhenses é realmente um Oasis! As fotos também ficaram lindas!

    Resposta...
  • Avatar

    Hebe

    22 de dezembro de 2020

    Adorei seu post de 3 dias nesse oasis nordestino. Sou louca para conhecer os Lençóis e região. Suas dicas irão me ajudar

    Resposta...
  • Avatar
    24 de dezembro de 2020

    Não sabia que em apenas três dias nos lençois maranhenses era possível para conhecer tantas paisagens incríveis assim! Adorei todas as dicas! Espero conhecer em breve

    Resposta...
  • Avatar

    Ma

    24 de dezembro de 2020

    Adorei este roteiro compacto dos lençois, jamais imaginei que poderiamos conhecer em 3 dias, sou doida para ir.

    Resposta...
  • Avatar

    Ângela Martins

    24 de dezembro de 2020

    Que viagem incrível! Um verdadeiro oásis nordestino! Meu sonho conhecer os Lençóis Maranhenses! Adorei ler seu post!

    Resposta...
  • Avatar

    GISELE PROSDOCIMI

    25 de dezembro de 2020

    Está aí um destino que quero muito conhecer assim que possível, os Lençóis Maranhenses, e já é um sonho bem antigo.
    Suas dicas são fundamentais para quem deseja aproveitar tudo que este destino oferece, um verdadeiro manual, afinal, vem de uma viajante já com experiência em Lençóis Maranhenses. Obrigada pelas dicas!

    Resposta...
  • Avatar

    Sylvia Leite

    25 de dezembro de 2020

    Realmente Lençóis Maranhenses é um oasis nordestino. Estive lá há alguns anos e fiquei maravilhada. Coisas interessantes pra se fazer, banhos deliciosos. Lendo sua postagem, fiquei com saudade.

    Resposta...

postar o comentário