Guimarães Portugal: O que fazer em 1 dia

A cidade de Guimaraes é conhecida como o berço de Portugal

A cidade de Guimarães, em Portugal, é linda, histórica e toda preservada. Acima de tudo, é um passeio delicioso, pois pode-se caminhar e curtir cada canto e becos, além de encontrarmos inúmeras atrações.

Guimarães fez parte do meu roteiro em Portugal. Aproveitei sua proximidade com Porto, onde estava hospedada, para fazer um bate e volta. Afinal, apenas 55 km separam a cidade e, como eu estava com um carro alugado (inclusive, encontre o melhor aluguel na RentCars), lógico que incluí esse destino.

Bem charmosa, Guimarães tem um Centro Histórico muito preservado que, inclusive, é considerado Patrimônio Mundial da Unesco. O Castelo também é uma atração obrigatória no seu roteiro.

Aliás, já deu para perceber que eu adorei esse destino, certo? Embora tenha passado apenas um dia por lá, saí encantada. E logo você vai entender o motivo!

Nesse roteiro a Portugal, fiquei hospedada em Porto e fiz a maioria das atrações de bate e volta. Reservei minha hospedagem com o Booking.com. Costumo usar alguns critérios para escolher a minha hospedagem, confira o post abaixo:

12 Dicas de como escolher a sua hospedagem

A história de Portugal começa em Guimarães

Localizada na região norte, uma das mais industrializadas do país, a cidade tem associação histórica com a fundação da nacionalidade e da identidade portuguesas. Porém, sua existência remonta a um período anterior ao surgimento da nação.

Não apenas há indícios de povoamento permanente na Idade do Cobre. Mas, também, já os romanos utilizavam suas águas termais no auge do Império Romano.

No entanto, a fundação medieval da cidade atual aconteceu no século X. A princípio, o convento, construção que atraía pessoas ao seu entorno, e um castelo próximo foram as edificações mais importantes.

A cidade de Guimaraes é conhecida como o berço de Portugal - O Castelo de Guimarães
A família conhecendo a sua origem portuguesa

Guimarães foi elevada à categoria de centro administrativo do condado, então chamado de Portucale, por D. Henrique. Após sua morte, a periferia de Guimarães foi palco de uma batalha pela disputa do poder, ¨ A Batalha de São Mamede¨¨ . Ao final, seu filho Afonso, associado aos locais, venceu sua mãe e os galegos que esperavam se apossar do condado.

Desse modo, D. Afonso Henriques sucedeu o pai. Este se intitulou “rei dos portugueses” ao vencer a Batalha de São Mamede. Em seguida, partiu rumo ao sul, tendo duplicado o seu reino após vencer sucessivas batalhas contra os mouros. Por esse motivo, é também conhecido como Afonso I, o Conquistador.

Ainda durante a Idade Média, a cidade ganhou a sua muralha defensiva enquanto se expandia. Quando não foi mais possível crescer dentro do muro, ela passou a crescer no exterior. No entanto, Guimarães perdeu o título de capital para Coimbra mais tarde, já que a luta contra os mouros demandou a mudança para garantir o controle sobre os territórios conquistados.

Doces e Vinho Verde

Caminhar por Guimarães é uma viagem na história. O que não vai faltar são oportunidades de perceber a passagem do tempo na arquitetura. Igrejas diversas e o Castelo são apenas alguns exemplos. Além deles, o Paço dos Duques de Bragança, o Largo do Toural e o Parque da Cidade também merecem visitas.

Mas a dica que quero dar é outra. E quem vai me agradecer é o seu estômago! kkkkk

Como a cidade surgiu tendo um convento feminino como uma das suas principais construções, ele influenciou muito a gastronomia local. Em especial, nos doces, a exemplo do toucinho do céu e da torta de Guimarães – que mais parece um pastel em forma de lua, mas está valendo.

Igualmente interessante é encontrar uma oportunidade de experimentar o Vinho Verde. Único no mundo, é um vinho frutado produzido entre os rios Douro e Minho. Aproveite e peça o bacalhau à minhota ou uma das diversas carnes e embutidos defumados.

Pronto, parei. Agora eu vou voltar a falar sobre pontos turísticos!

Pontos turísticos para conhecer em 1 dia no berço de Portugal

A cidade de Guimaraes é conhecida como o berço de Portugal- Largo do Toural
Berço de Portugal

Abaixo, listo os principais pontos turísticos que você pode conhecer passeando por um dia na bela Guimarães, Portugal.

Castelo de Guimarães

A princípio, a construção do século X no alto do Monte Latito teve como objetivo proteger o convento de mouros e vikings. Além disso, foi onde nasceu D. Henriques, o primeiro rei de Portugal. Após renovações e extensões até o século XIV, hoje é motivo de orgulho para os portugueses.

Já viu que há bons motivos para conhecer uma das 7 maravilhas portuguesas, correto? Não deixe de entrar para poder caminhar nas muralhas, bem como subir suas torres.

Dentro do Castelo também tem exposições contando a História de Portugal e do lugar.

Há um grande estacionamento neste ponto, por isso, considere deixar o seu carro aqui. Além disso, ele é público, ou seja, não precisa pagar por ele. Sem dúvida, será uma decisão estratégica durante sua estadia em Guimarães, pois paga-se para estacionar nas ruas da cidade durante o dia.

Igreja de São Miguel

A cidade de Guimaraes é conhecida como o berço de Portugal
Igreja de São Miguel

Você irá encontrar a pequena Igreja de São Miguel facilmente, pois ela está igualmente situada no Monte Latito – onde está o castelo. E, como já funcionou como capela real, ela também tem importância histórica. Afinal, foi aqui que Afonso Henriques foi batizado ao nascer.

Construída com granito, hoje está praticamente vazia. Só uma cruz sinaliza onde ficava o antigo altar. E a pia batismal, no fundo, tem algum destaque por conta do batismo do primeiro rei de Portugal.

Eu preciso ser sincera: tem alguma contradição quanto à data de construção da igreja e a de batismo do rei. No entanto, são os próprios portugueses que a consideram valorosa, então, quem somos nós para julgar?

Ao sair, não deixe de fotografar a estátua de D. Afonso Henriques com sua espada.

Paço dos Duques de Bragança

Fica próximo ao Castelo dos Guimarães e é mais uma atração que visitamos no Monte Latito. Mas preste atenção: este é um dos Palácios Nacionais mais visitados em Portugal!

Um dos filhos bastardos do rei D. Henriques o construiu no século XV, tendo como inspiração a arquitetura francesa, com dezenas de chaminés.

No presente, abriga um museu de artes decorativas e tem obras dos séculos XVII e XVIII. Há muito o que se admirar aqui. Através das imensas salas de jantar, quartos, mobília histórica, assim como peças de arte e vestuário, você viaja no tempo.

Por fim, uma dica: ao programar o seu roteiro em Guimarães, inclua tanto o castelo como o paço e pague o bilhete único para ambas atrações. Assim, você faz um bom negócio e conhece mais sobre a história do país.

Atrações do Centro Histórico

Já se imaginou caminhando por ruas e vielas da Idade Média? Pois andar pelo Centro Histórico de Guimarães é exatamente isso!

Não é que a modernidade não dê as caras por ali. Entretanto, quando surge, até parece um pouco deslocada, como se não se encaixasse por completo. É um daqueles passeios para se deliciar, pois cada canto tem uma história para contar. E o contraste entre novo e antigo apenas deixa a experiência ainda mais rica.

Uma das ruas mais antigas de Guimarães

A cidade de Guimaraes é conhecida como o berço de Portugal-Centro Histórico
Centro Histórico

A Rua de Santa Maria, por exemplo, é uma das mais antigas de Guimarães. Cabia a ela ligar o castelo ao Convento de Santa Clara – hoje, Câmara dos Vereadores. O passadiço em frente à Casa do Arco dá um charme a mais para esta cidade tão fotogênica!

Ao final da rua, chegamos à Praça de São Tiago, um dos tantos espaços que proporcionam a convivência comum entre locais e visitantes. Mesas, cadeiras e sombreiros são um convite para sentar e apreciar a vida… mas só temos um dia para conhecer tudo, então, vamos lá!

Os peregrinos a caminho de Santiago de Compostela eram reunidos aqui na Idade Média. Por isso, a concha dourada, símbolo da peregrinação, encontra-se no chão da praça. Reza a lenda que o apóstolo Tiago apareceu com uma imagem de Maria. Sua aparição rendeu duas igrejas dedicadas ao santo que não existem mais. Por outro lado, o prédio em que funcionava a antiga prefeitura de Guimarães (o Paço dos Concelhos, do século XIV) segue por ali.

Lembranças da vila primitiva de Guimarães, Portugal

A cidade de Guimaraes é conhecida como o berço de Portugal-Centro Histórico
Largo da Oliveira

Seguindo adiante, bastando atravessar os arcos do Paço dos Concelhos, chegamos ao coração da vila primitiva de Guimarães: o Largo da Oliveira. Por certo, o local tem este nome por conta de uma oliveira. No entanto, a original foi arrancada ainda no século XIX e a que aí se encontra hoje é uma substituta plantada na década de 1980.

Ainda no largo, visitamos a Igreja de Nossa Senhora da Oliveira. Como já passou por tantas reformas ao longo dos séculos, sua arquitetura traz traços dos diferentes estilos que se alternaram ao longo da história.

Logo em frente, está o Padrão do Salado. Com estilo gótico, o monumento foi erguido no século XIV para celebrar a vitória dos portugueses sobre os mouros na Batalha de Aljubarrota.

Um pedacinho do Brasil em Guimarães, Portugal

Uma praça de Guimarães leva o nome de República do Brasil e impressiona pelo seu belo jardim. Além disso, a Igreja N.S. da Consolação e Santos Passos ao fundo compõe muito bem a foto.

A cidade de Guimaraes é conhecida como o berço de Portugal-Centro Histórico

Mas a foto tradicional a ser tirada em Guimarães é, sem dúvida, em frente ao pedaço remanescente da muralha original em que se lê “aqui nasceu Portugal”. É um cartão postal da cidade!

Largo do Toural

A cidade de Guimaraes é conhecida como o berço de Portugal- Largo do Toural
Largo do Toural

Esta é uma das maiores e mais importantes praças da cidade, construída no século XVII do lado de fora do muro. Naquela época, bois e outras mercadorias eram vendidos aqui, bem perto da entrada principal que dava acesso à parte antiga.

No Largo do Toural, ao contrário do Centro Histórico, com suas construções medievais, predominam os casarões do século XVII. Um dos destaques, sem dúvida, é a Basílica de São Pedro, assim como os restaurantes e cafés.

Teleférico de Guimarães e a Montanha da Penha

A cidade de Guimaraes é conhecida como o berço de Portugal  - Santuário da Penha
O lindo Santuário da Penha

Até então, falei sobre atrações próximas, daquelas que podemos conhecer tranquilamente a pé. O Teleférico de Guimarães e a Montanha da Penha, por outro lado, ficam mais distantes.

Para chegar na montanha da Penha existem algumas opções: seguir por uma estrada asfaltada e sinuosa por 7 km, ou por um antigo teleférico que parte do Parque das Hortas, a cerca de 600 metros do centro histórico de Guimarães.

Como estávamos de carro, fizemos a opção de seguir pela estrada e foi bem tranquilo. Mas é claro que gostaria de curtir a vista do teleférico.

No alto da montanha da Penha encontramos mais atrações, como o imponente Santuário da Penha.

Sem contra, claro, com a linda vista da cidade lá do alto.

A cidade de Guimaraes é conhecida como o berço de Portugal - Santuário da Penha
Vista da cidade de Guimarães

Além disso, no local há grutas, parques, esculturas e a ainda uma pequena capela dedicada a Santo Elias encravada na rocha.

Enfim, a visita valeu muito a pena.

Sobretudo, uma experiência maravilhosa

Depois de ler o texto e ver as fotos, espero que você tenha entendido porque acabei encantada pela cidade de Guimarães, em Portugal. Não tem como não se render ao charme da cidade!

Há muita história em cada esquina, somos constantemente surpreendidos por algo. Isso sem contar as maravilhas da culinária portuguesa e, em especial, dos seus doces!

Chego ao final com uma promessa: vou publicar o meu roteiro completo sobre Portugal em breve. Aguarde as cenas dos próximos capítulos!

Conheça também outros destinos meus pelo mundo:

Suíça

Liechtenstein

Emirados Árabes Unidos

Cabo Verde

E leia também os artigos abaixo sobre viagens bate e volta

O blog Descobrir Viajando nos conta sobre: Burano e Torcello: passeio de um dia a partir de Veneza;

Já o Mundo Viajante relaciona O que Fazer em Alta Gracia na Argentina: Bate e Volta de Córdoba;

Além disso, o Viajando com Moises explica como fazer: Bate e volta em Touros passando nos melhores pontos turísticos;

Ademais, o blog Abc dos Viajantes informa: Como chegar na ilha de Capri a partir de Positano

Finalmente, o blog Flor na Cabeça conta sobre: Passeios saindo de Santiago: neve, vinho e praia!

Principalmente, faça aqui a sua viagem internacional

Viajar conectado com a família é indispensável. Logo, entenda como se manter conectado no artigo abaixo:

Chip de celular para uso em viagem internacional

Além disso, adquira aqui o seu Chip Internacional:

VIAJE CONECTADO –  GANHE 5% DE DESCONTO COM O CUPOM:  VIAJECOMNORMA5

EASYSIM4U

E, para viajar com segurança, faça um Seguro Viagem.

Seguro Viagem Internacional ou Nacional 

Minha indicação é comprar com a SEGUROS PROMO – GANHE 5% DE DESCONTO COM O CUPOM: VIAJECOMNORMA5

Veja posts com dicas para planejar sua viagem!

Em seguida, baixe meus e-Books gratuitos:

E book - 10 dicas para arrumar sua mala de viagem
E book check list de viagem

Faça suas reservas com meus parceiros:

  • E, para viajar com tranquilidade, faça seu SEGURO VIAGEM com a SEGUROS PROMO.

Encontre sua hospedagem

Reserve aqui o seu carro

Compre ingressos sem fila

15 de agosto de 2021

Sobre Mim

Sou uma viajante apaixonada pelo mundo. Trabalhei 30 anos no ramo financeiro e hoje me realizo como microempresária e criadora de conteúdo de viagem. Como viajante, conheço 42 países e 20 estados brasileiros. Meu propósito nas redes sociais, é compartilhar minha experiência e aprendizado de viagem e de vida, com meus clientes e seguidores, com o objetivo de ajudar a todos a realizarem os seus sonhos de viagem.

De Onde Sou

Gostou da viagem? Deixe um comentário sobre a experiência!

 

22 Comentários

  1. Nathalia

    A cidade de Guimaraes é um encanto!! Eu já tive a oportunidade de passar 1 dia na cidade e é apaixonante né! E esse doce, toucinho de guimarães, hmmmmm deu saudade

    Responder
    • Norma

      Amei conhecer Guimarães e espero ainda poder voltar lá.

      Responder
  2. Deyse

    Que delícia Guimarães. Sou louca pra conhecer onde nasceu Portugal. Já havia ouvido falar do castelo, mas desconhecia as outras atrações. Adorei as suas dicas do que fazer em 1 dia em Guimarães, Portugal.

    Responder
    • Norma

      Vale a pena conhecer mesmo Deyse.

      Responder
  3. Patrícia Veludo

    Conhecida como berço de Portugal, Guimarães é de facto uma cidade encantadora. E ver uma pessoa de outro país se encantar por Guimarães me deixa muito feliz.

    Responder
    • Norma

      Que maravilha Patrícia. Eu adoro viajar por Portugal.

      Responder
  4. MOISES BATISTA

    Super completo o post sobre Guimarães Portugal: O que fazer sem 1 dia. Uma pena que estive tão perto e não visitei este lugar

    Responder
    • Norma

      Realmente perder, mas quanto puder, vá visitar.

      Responder
  5. Izabela

    Adorei as suas dicas, Guimarães é um dos lugares que está na minha lista de Portugal. Inclusive com as suas fotos tive ainda mais certeza que vale a pena ☺️

    Responder
    • Norma

      Vale sim Isabela, tem que ir mesmo.

      Responder
  6. Hebe C

    Fiz também esse bate e volta a Guimarães quando estava indo para Porto. Eu adorei a cidade e fiquei com vontade de voltar e ficar mais tempo. Quem sabe na próxima ida a Portugal 🙂

    Responder
    • Norma

      Também tive essa mesma sensação de querer ficar mais tempo por lá.

      Responder
  7. roberto caravieri

    Que elgal conhecer Guimarães a partir do seu post, eu ainda não consegui ir pra la. Eu adoro esses passeios que da pra fazer em 1 dia e quero muito quando voltar pra Portugal.

    Responder
    • Norma

      Viajar por Portugal é sempre uma delicia.

      Responder
  8. Diego

    Não imaginava que Guimarães dava para conhecer tanto em apenas um dia! Adorei esse roteiro e pontos turísticos! Espero ir em breve

    Responder
    • Norma

      Dá sim, é tudo muito pertinho. Vá mesmo conhecer.

      Responder
  9. ANGELA MARTINS

    Não conheço ainda Guimarães. Adoraria passar um dia seguindo essas dicas do que fazer por lá! POrtugal está nos meus planos.

    Responder
    • Norma

      Vai adorar conhecer Portugal Angela.

      Responder
  10. Letícia

    Que delícia de lugar e que delícia de post, Norma! Portugal é o país número 1 na minha lista e sempre que eu vejo algo me encanto muito! Amei saber o que fazer em Guimarães em 1 dia e com certeza será um bate e volta pra quando eu estiver no Porto também! Quero muito provar o vinho verde!

    Responder
    • Norma

      Portugal tem lugares incríveis Leticia. Precisa conhecer mesmo.

      Responder
  11. elizabeth

    Adorei seu post sobre Guimarães. Eu já tive a oportunidade de visitar Portugal, mas não fui a essa cidade. Agora preciso voltar, pois já sei o que fazer em 1 dia. Beijinhos

    Responder
    • Norma

      Quando puder, vai conhecer Guimarães sim.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe esse artigo!

Mostre a seus amigos o seu possível próximo destino.

Compartilhe esse post!

Mostre a seus amigos seu possível novo destino.