Queen Experience: passeio imperdível em Montreux

Queen Studio Experience - Um passeio imperdível em Montreux que conta um pouco da história musical do Queen e de Freddie Mercury

Ir ao Queen the Studio Experience foi um dos pontos altos da minha estadia em Montreux, durante meus 17 dias na Suíça. Confesso que não sou a maior conhecedora de música internacional, mas a banda de Freddie Mercury tem um lugar especial no meu coração!

Antes de seguir adiante, relembre a minha estadia em Montreux e na sua vizinha Lausanne (sim, onde fica o Museu Olímpico!)

Conforme eu dizia, por certo que não sou uma expert em músicas estrangerias, porém, canções como Love of my life e Bohemian Rhapsody marcaram a minha vida. Aliás, como marcaram as vidas de muitas pessoas em todo o mundo!

Infelizmente, eu não tive a oportunidade de assistir a um show do grupo quando Freddie Mercury era seu vocalista, mas fiquei impressionada ao conhecer o Queen Experience! O museu realmente consegue transmitir a força que ele tinha e eu achei a experiência simplesmente fantástica.

Além do mais, eu tinha acabo de assistir ao filme Bohemian Rhapsody. Uma coisa é ver a história da formação da banda e os tumultos causados pela personalidade forte de Mercury… Outra foi estar em um espaço totalmente dedicado à sua energia criativa! Assim, ver os seus figurinos expostos no Queen Experience, por exemplo, me deixou bastante emocionada!

 

O Cassino de Montreux e sua relação com a música x Queen The Studio Experience

 

Cassino de Montreux e a relação com a música e com o The Queen Studio Experience

Cassino de Montreux

 

Construído em 1881, o Casino Barrière de Montreux iniciou o século XX com uma remodelação em 1903 e passou a ser palco de apresentações de grandes orquestras. Jazz, blues, soul e rock só passaram a dominar o espaço a partir do final dos anos 1960 e começo dos anos 1970.

Todavia, foi em 1967 que o cassino passou a ser o local das apresentações do Festival de Jazz de Montreux, idealização do promotor musical Claude Nobs. Desta forma, grandes artistas do gênero musical, como Ella Fitzgerald e Nina Simone, performaram no local situado às margens do Lago Léman. Além disso, bandas de rock como Led Zeppelin, Pink Floyd e Deep Purple também se apresentaram por ali.

Aliás, um dos grandes sucessos do Deep Purple refere-se exatamente ao cassino. Como a banda testemunhou o incêndio que destruiu todo o edifício em 1971, a canção Smoke on the water faz referência ao acontecido – e se tornou um clássico do rock mundial.

Enquanto o cassino não foi reaberto (isso só aconteceu em 1975), o Festival de Jazz de Montreux foi sendo realizado em outros auditórios da cidade. Atualmente, o cassino recebe apenas algumas apresentações, pois o festival passou a precisar de um espaço maior para as grandes atrações.

Mas aqui não tem mimimi, certo? Esse foi um dos passos importantes na história para que tivéssemos a chance de viver o Queen Experience hoje em dia, já que é no Cassino de Montreux que encontra-se o Museu.

 

Cassino de Montreux - Palco de shows que marcaram a música e os festivais de Montreux

Cassino de Montreux – Palco de shows que marcaram a música e os festivais de Montreux

 

Freddie Mercury entra em cena

 

 

Conta a história que Freddie Mercury chegou a Montreux em julho de 1978. O objetivo era gravar o álbum do Queen intitulado Jazz, mas Freddie acabou se apaixonando pela cidade por conta de sua tranquilidade. O amor instantâneo fez não apenas com que o cantor estabelecesse moradia ali. Também foi decisivo para que a banda comprasse o Mountain Studio, que funcionava dentro do cassino, no mesmo ano.

Somente em 1993 a banda se desfez do Montain Studio – onde outros astros como AC/DC, David Bowie e The Rolling Stones também gravaram. Mas, antes disso, deu tempo de gravar sete álbuns no estúdio, como The MiracleInnuendo e o póstumo Made in Heaven.

Este último disco foi gravado no fim da vida de Freddie Mercury, já com o estado de saúde bastante debilitado por conta de sua doença. Ainda assim, ele fez questão de dedicar-se ao trabalho até o fim de suas forças.

Há diversos itens em exibição que remetem à trajetória da banda. Não apenas roupas e acessórios, mas também versões originais das canções escritas à mão, instrumentos, discos e materiais promocionais.

Ademais, conhecemos melhor a produção de cada álbum gravado no estúdio, bem como curiosidades sobre a inspiração por trás das letras de algumas canções. Sem contar, claro, mais detalhes sobre a história da banda com Montreux!

 

Instrumentos na Banda Queen , no Queen The Studio Experience

Instrumento da Banda Queen

 

A cereja do bolo: o estúdio do Museu

 

Uma experiência incrível no Queen The Studio Experience, pode ouvir e mixar as músicas da Banda Queen

Sobretudo, uma experiência incrível no Queen The Studio Experience,: Ouvir e mixar as músicas da Banda Queen

 

O grande destaque, no entanto, é realmente o estúdio usado pelo Queen. A sala de controle não foi alterada. A única substituição foi a mesa original. Em seu lugar, está uma reprodução que permite aos visitantes fazerem sua própria re-mistura de alguns dos clássicos do Queen.

“Mas, Norma, você é entendida de música?” talvez tenha sido a pergunta que veio à sua cabeça. E a resposta é não! O que, entretanto, não impede em nada de entrar na brincadeira e ter bons minutos de diversão! Assim, dá para alterar o volume dos instrumentos e se sentir trabalhando com grandes sucessos musicais!

Ah, também vale a pena caminhar um pouco mais à beira do Lago Léman para ir até a estátua em homenagem a Freddie Mercury. Obra da artista Irena Sedlecká, encontra-se na Place du Marché desde 1996 e é ponto de homenagens dos fãs do cantor. Inclusive, Montreux organiza anualmente um Memorial Day para celebrar a relação de amor entre a cidade e o vocalista do Queen.

 

Estátua em homenagem a Freddie Mercury na beira do lago de Montreux

Estátua em homenagem a Freddie Mercury

 

Informações úteis sobre o Queen The Studio Experience

O Queen the Studio Experience abre todos os dias, das 10h às 22h. O local encontra-se a 15 minutos da estação de trem de Montreux e acredite: será uma caminhada agradável!

Por fim, compartilho a melhor das informações: a entrada é gratuita! Pois é, você leu corretamente! Não é preciso pagar nada para percorrer a exibição, até mesmo o estúdio! Acabaram-se as desculpas, né?

Embora a entrada seja gratuita, existe uma contribuição opcional para a The Mercury Phoenix Trust. Fundada por Brian Mai, Roger Taylor e Jim Beach (demais integrantes do Queen), a fundação atua, há mais de duas décadas, em diversos países lutando em prol da prevenção e conscientização da AIDS.

Vá a Suíça, visite Montreux  e conheça o Queen Experience. Eu indico não só para os fãs da banda, como também para os fãs de música.

 

Saiba mais sobre o meu roteiro completo na Suíça

Suíça, um país apaixonante

Veja posts com dicas para planejar sua viagem!

Em seguida, baixe meus e-Books gratuitos:

E book - 10 dicas para arrumar sua mala de viagem
E book check list de viagem

Faça suas reservas com meus parceiros:

  • E, para viajar com tranquilidade, faça seu SEGURO VIAGEM com a SEGUROS PROMO.

Encontre sua hospedagem

Reserve aqui o seu carro

Compre ingressos sem fila

18 de junho de 2020

Sobre Mim

Sou uma viajante apaixonada pelo mundo. Trabalhei 30 anos no ramo financeiro e hoje me realizo como microempresária e criadora de conteúdo de viagem. Como viajante, conheço 42 países e 20 estados brasileiros. Meu propósito nas redes sociais, é compartilhar minha experiência e aprendizado de viagem e de vida, com meus clientes e seguidores, com o objetivo de ajudar a todos a realizarem os seus sonhos de viagem.

De Onde Sou

Gostou da viagem? Deixe um comentário sobre a experiência!

 

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe esse artigo!

Mostre a seus amigos o seu possível próximo destino.

Compartilhe esse post!

Mostre a seus amigos seu possível novo destino.