Monte San Salvatore – Lugano

Vista do topo da Igreja San Salvatore

Monte San Salvatore – Lugano, uma vista imperdível

O Monte San Salvatore, está situado a  912 metros a nível do mar, e a vista panorâmica não poderia ser outra, fantástica.

A saber, para chegar ao topo existem duas possibilidades:

A primeira opção,  e a mais tranquila delas,  é pelo funicular cujo passeio total dura cerca de 30 minutos .

A segunda opção, para quem gosta de desafios e adrenalina, é através de uma trilha de cordas fixas, com duração de cerca de 2 horas, apenas a ida.

Funicolare San Salvatore - Lugano

Funicolare San Salvatore – Lugano

Como comprar o ingresso?

O ingresso pode ser comprado na bilheteria da atração, mas lembre-se, a cada 30 minutos tem uma saída e normalmente tem fila.

O preços do bilhete (ida e volta) são 30 CHF e 15 CHF para portadores do tiver o Swiss Pass. No entanto, você poderá subir pela trilha e, consequentemente comprar o bilhete só de volta.

Os preços e horários de funcionamento  podem ser conferidos no site oficial https://www.montesansalvatore.ch. Portanto, confira os horários e dias de funcionamento, porque no inverno, por exemplo, essa atração não funciona.

Outra dica importante: Caso você tenha comprado o bilhete ida e volta, você deve guardar o ticket para o retorno. Posto que, a saída é com leitura do código de barras. Desta forma, evite o stress de ter que comprar um novo ticket para descer… melhor não, né?

A subida

Para curti o visual da subida o ideal é ficar no primeiro banco, mais abaixo, e fazer o trajeto em pé. Assim, não terá ninguém na sua frente e você vai aproveitar 100% da vista.

Nós pegamos o funicular vazio, ou seja, curtimos a vista total.

Funicolare San Salvatore

Funicolare San Salvatore

Adorei a subida, gosto muito de emoção, são 1.660 metros percorridos por trilhos e dividido em duas etapas. A primeira etapa da subida tem uma inclinação leve. A segunda etapa é para fazer o coração acelerar mais.

Funicular Salvatore - Lugano

Funicular Salvatore – Lugano

O que ver no Monte San Salvatore?

Lá em cima, a principal atração é a vista maravilhosa do Lago de Lugano, das montanhas italianas ao sul, e dos Alpes a oeste da cidade. Certamente, para todo lugar que você olhar terá uma vista linda e igualmente fascinante.

Logo na chegada tem um restaurante, e no lado esquerdo dele, descendo uma escada, já tem um visual incrível.

Restaurante do Monte San Salvatore

Restaurante do Monte San Salvatore

Retorne até a saída do funicular, siga as placas e vá visitar o  Museu Salvatore, com sua pequena coleção de arte religiosa e exposições sobre a geologia local.

Placa de orientação

Placa de orientação

Museu San Salvatore

Museu San Salvatore

Siga em direção a igrejinha do Monte,  e entre para conhecer a igreja.

Igreja do Monte San Salvatore

Igreja do Monte San Salvatore

Interior da Igrejinha

Interior da Igrejinha

Em seguida, siga pela lateral esquerda para ver uma linda cruz de ferro que tem na parede externa da Igreja.

Cruz na Igreja San Salvatore

Cruz na Igreja San Salvatore

Continue, contorne a igreja e vai achar uma escada externa que dá acesso ao topo da igreja, ai sim a esplêndida vista 360 graus. Enfim, vai dá vontade de ficar por lá, só apreciando.

Vista da escada da Igreja do Monte San Salvatore

Vista da escada da Igreja do Monte San Salvatore

Vista do topo da Igreja San Salvatore

Vista do topo da Igreja San Salvatore

Mas não é só isso, para mais aventureiros, existem várias trilhas para curti os arredores, a fauna e a flora da região. Além disso, existem vários outros mirantes.

Enfim, tudo limpo, lindo e perfeito.

O que fazer se só tiver tempo para conhecer uma montanha em Lugano?

Eu não tinha ouvido falar sobre o Monte Salvatore até chegar lá, estava revendo minhas pesquisas e, de repente, li alguma coisa sobre essa montanha, fui analisar o mapa da cidade e vi que estava, por uma feliz coincidência, bem próximo do nosso hotel, então para mim foi uma grata surpresa.

Para mim, se só tivesse tempo para uma montanha e tivesse que escolher visitar o Monte Brè ou o Monte San Salvatore, eu escolheria o Monte San Salvatore.

Felizmente tive tempo para fazer os dois e foi maravilhoso.

Leia também:

MONTE BRÈ – LUGANO

LUGANO, UM PEDAÇO DA ITÁLIA NA SUÍÇA

 

Posts Relacionados

Veja minhas visitas a museus pelo mundo:

Se for viajar, veja esses posts com dicas para planejar sua viagem:

17 de março de 2019

Sobre Mim

Sou uma viajante apaixonada pelo mundo. Trabalhei 30 anos no ramo financeiro e hoje me realizo como microempresária e criadora de conteúdo de viagem. Como viajante, conheço 42 países e 20 estados brasileiros. Meu propósito nas redes sociais, é compartilhar minha experiência e aprendizado de viagem e de vida, com meus clientes e seguidores, com o objetivo de ajudar a todos a realizarem os seus sonhos de viagem.

De Onde Sou

Gostou da viagem? Deixe um comentário sobre a experiência!

 

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe esse artigo!

Mostre a seus amigos o seu possível próximo destino.

Compartilhe esse post!

Mostre a seus amigos seu possível novo destino.