Vila do Ventura Morro de Chapéu Ba: Conheça mais

viaje-com-norma-vila-ventura

Vila do Ventura. E você, se aventuraria em uma viagem no tempo na Chapada Diamantina para saber como as pessoas viviam no sertão baiano em pleno século XVIII?

Pois eu, que sempre me impressiono com a riqueza de nossa cultura, história, belezas naturais e diversidade, fiz e recomendo!

Enfim, conheça a Vila do Ventura em Morro do Chapéu.

E saiba mais sobre Morro do Chapéu, no artigo abaixo:

Morro do Chapéu, tesouro da Chapada Diamantina

E, nessa viagem, exploramos  toda a região numa Road Trip. Vale ressaltar que para fazer uma Road Trip sem stress, melhor opção é alugar um carro com a RENTCARS.

Além disso, adquira tudo para a sua viagem na AMAZON.COM.

 

 

História da Vila do Ventura

A Vila do Ventura foi fundada por volta de 1840 por garimpeiros. No entanto,  tais garimpeiros, que eram foragidos de Lençóis, chegam na Vila do Ventura e ali, encontram diamantes e carbonato.

Assim essa descoberta, acabou atraindo outros garimpeiros que buscavam riqueza na terra.

Inclusive, Ventura era o nome de um dos primeiros garimpeiros que chegou à vila – e esta acabou sendo conhecida pelo seu nome.

Logo, a vila viveu seu apogeu desde esse momento até as primeiras décadas do século XX.

Embora a Guerra do Paraguai (1864-1870) tenha diminuído seu crescimento, pois os homens foram recrutados para lutar, o Ventura ainda viveu bons anos de bonança.

Ainda mais, com comércio forte, a Vila do Ventura chegou a ter população de 4 mil habitantes, escolas, teatro e filarmônica.

No entanto, o seu declínio foi acentuado pela substituição do carbonato por uma substância sintética.

E mais, hoje o local é conhecido como a Vila Fantasma. O motivo, é o fato de que restam apenas algumas casas e sobrados coloniais em ruínas, o calçamento original e a pequena igreja.

 

vila-ventura-ruínas

Primeiramente, a Vila Ventura tem muitas ruínas

 

Infelizmente, é realmente lamentável que o nosso patrimônio histórico-cultural viva em eterno descaso.

Ainda mais que, a importância da região para a nossa história é ainda maior!

Vale ressaltar que a região é muito rica de história.

 

Vila do Ventura - Muita história na Chapada Diamantina

E a Vila do Ventura – Muita história na Chapada Diamantina

 

Atrações da Vila do Ventura

O casario

Infelizmente, hoje o casario encontra-se em sua maioria em estado de ruína, mas dá para se perceber a riqueza que foi o lugar. Além disso, a pequena igrejinha lhe confere um charme especial.

 

vila-ventura-igreja

Sobretudo, a pequena Igrejinha encanta

 

A pequena e linda Vila Ventura em Morro do Chapéu

Ainda mais com essa cruz voltada para a vila

 

Sobretudo, o Casarão da Família Grassi, do início do século XX, onde morava uma família italiana, está em melhor estado e chama atenção logo que  se chega ao local.

 

vila-ventura-igreja

Ainda mais, a importância do Casarão da família Grassi

 

Cachoeira do Ventura

A Cachoeira do Ventura está localizada a 4 km da Vila do Ventura.

A trilha que leva a Cachoeira é muito bonita e não oferece grandes dificuldades (em torno de 2 h por trecho),

Acima de tudo, a trilha segue ao lado de um pequeno riacho, e em meio a densa vegetação e paisagens paradisíacas.

Enfim, a Cachoeira do Ventura, com  seus 35 metros de altura, tem o leito formado por arenito e a paisagem encanta.

 

Pinturas rupestres na região da Vila Ventura

Toca da Figura

A Toca da Figura possui uma paisagem composta por blocos de rocha que formam abrigos e tocas em meio ao vale.

Assim, os grandes painéis do sítio mostram homens enfileirados, animais em movimento, cenas de caça e homens subindo em árvores.

Surpreendentemente, as pinturas da Toca da Figura combinam, no mesmo desenho, cores diferentes como vermelho, amarelo, marrom e branco.

 

Toca do Pepino

Da mesma forma, na Toca do Pepino, as gravuras também foram realizada sobre lajedos areníticos.

Além disso, a Toca do Pepino tem esse nome porque uma família italiana era dona das suas terras na Vila de Ventura e o apelido do chefe da casa era Pepino, muito comum na Itália.

Ademais, o local da Toca do Pepino é também conhecido pelo nome de Igrejinha.  E ganhou esse nome,  graças às formações rochosas areníticas que proporcionaram justamente um local adequado para as pinturas rupestres.

 

Como chegar a Vila do Ventura

 

Como chegar a Vila do Ventura em Morro do Chapéu

 

A partir de Morro do Chapéu, pegue a BA-052 em direção a Salvador,.

Em seguida, desce a Serra do Angelim até a barragem de mesmo nome (26,7 km).

Logo irá encontrar um cruzamento com uma placa que indica Fedegoso para um lado e Ventura para o outro.

Desta forma, deve-se então seguir no sentido Ventura por 8 km. Apesar de ser estrada de terra, o trecho não oferece dificuldade.

Enfim, no final da estrada de terra irá encontrar a Vila do Ventura.

 

Como chegar a Vila Ventura em Morro do Chapéu

Como chegar a Vila Ventura em Morro do Chapéu

 

Onde se hospedar para conhecer a Vila do Ventura

A melhor opção é ficar hospedado na cidade de Morro do Chapéu.

Assim, é possível fazer um bate e volta e conhecer as atrações da região.

A saber, nós nos hospedamos na Pousada das Bromélias. Logo, escolha a sua hospedagem no melhor lugar: BOOKING.COM

 

Onde se Hospedar em Morro de Chapéu

A saber, nos hospedamos na Pousada das Bromélias em Morro

 

Minha experiência na Vila Ventura

Fiz um bate e volta a partir de Morro do Chapéu, onde fiquei hospedada.

Vale ressaltar que a viagem é rápida e bem tranquila.

Apesar de já ter ouvido falar do local, não tinha ideia do que era exatamente.

Enfim, para mim foi uma surpresa linda e muito rica. Desta forma, me senti dentro da nossa história, e me emocionei.

No entanto, não tive tento hábil para visitar os sítios arqueológicos e cachoeiras, motivos para voltar lá.

Sobretudo, indico conhecer este destino.  Este e todos os outros destinos na Chapada Diamantina na Bahia, uma riqueza de história e de natureza.

E tenha uma boa viagem.

 

Sobretudo, conheça sobre as atrações de Morro do Chapéu e região

Cachoeira do Ferro Doido – Chapada Diamantina

Morro do Chapéu – Tesouro da Chapada Diamantina

Cachoeira do Ferro Doido em Morro do Chapéu – Chapada Diamantina

 

Veja posts com dicas para planejar sua viagem!

Em seguida, baixe meus e-Books gratuitos:

E book - 10 dicas para arrumar sua mala de viagem
E book check list de viagem

Faça suas reservas com meus parceiros:

  • E, para viajar com tranquilidade, faça seu SEGURO VIAGEM com a SEGUROS PROMO.

Encontre sua hospedagem

Reserve aqui o seu carro

Compre ingressos sem fila

5 de fevereiro de 2020

Sobre Mim

Sou uma viajante apaixonada pelo mundo. Trabalhei 30 anos no ramo financeiro e hoje me realizo como microempresária e criadora de conteúdo de viagem. Como viajante, conheço 42 países e 20 estados brasileiros. Meu propósito nas redes sociais, é compartilhar minha experiência e aprendizado de viagem e de vida, com meus clientes e seguidores, com o objetivo de ajudar a todos a realizarem os seus sonhos de viagem.

De Onde Sou

Gostou da viagem? Deixe um comentário sobre a experiência!

 

8 Comentários

  1. Deyse

    Que texto incrível!!!! Que dica de passeio maravilhoso!!! Respondendo à sua pergunta:
    Você se aventuraria em uma viagem no tempo na Chapada Diamantina para saber como as pessoas viviam no sertão baiano em pleno século XVIII?
    A resposta é SIIMMM! Eu amo este tipo de experiência, conhecer o passado e o modo de vida das pessoas à época. É fascinante esta viagem pela história, através da viagem pelos fragmentos e lugares. Sensacional seu texto!

    Responder
    • Norma

      Que legar Deyse que gostou. Adoro conhecer esses cantinhos desconhecidos do público em geral e divulgar. Tanta história para contar no nosso país e tantas pouco valorizadas né. Que bom que você também curte viajar na nossa história. Adorei o seu comentário e agradeço muito.

      Responder
  2. francisco filho

    atualmente moro em goias, mas nasci ai nesta vila em 1983 , nao tenho recordaçoes, mas em breve irei conhecer este lugar maravilhoso

    Responder
    • Norma

      Que maravilha Francisco, provavelmente não mudou muito desse tempo para cá, mas precisa voltar e conhecer o lugar que nasceu mesmo. As memórias de infância costumar ser muito boas.

      Responder
  3. Rodrigo

    Oi Norma,
    Estaremos indo passar o pseudo feriado de carnaval na região de Morro do Chapéu e gostaria de saber quanto tempo leva pra ir e voltar à Cachoeira do Ventura e se vc precisou de guia para chegar até ela.
    Abc,
    Rodrigo

    Responder
    • Norma

      Desculpa Rodrigo, estava viajando e com internet ruim e só agora vi seu comentário. Espero que tenha conseguido chegar e me diz se gostou. Sinto muito.

      Responder
  4. Alberto

    Bom dia Norma ! Muito legal ! Tenho uma prima que se chama Lucia ! Vive no Ventura ! Vc deve ter conhecido ! Afinal lá não tem tantos habitantes rsrs !

    Responder
    • Norma

      Oi Alberto, infelizmente não cheguei a conhecer Lucia, mas se voltar lá, farei questão de procurar por ela. Grata.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe esse artigo!

Mostre a seus amigos o seu possível próximo destino.

Compartilhe esse post!

Mostre a seus amigos seu possível novo destino.