fbpx
Topo

Montreux: o que fazer na Riviera Francesa

 

Montreux - O que fazer na Riviera Francesa às margens do Lago Léman

Montreux – O que fazer na Riviera Francesa

 

Montreux, localizada às margens do Lago Léman (também conhecido como Lago Genebra), tem charme de sobra. Cercada pelos alpes e por imensos vinhedos, é conhecida como Riviera Francesa. Porém, o que a deixou mundialmente famosa foi o Festival de Jazz que acontece nos meses de junho e julho, com diversas atrações mundiais.
A comuna (organização administrativa como nosso município) suíça fez parte do meu roteiro dos sonhos por este país europeu. Clique aqui para conhecer um pouco mais sobre meu roteiro de 17 dias na Suíça e os destinos próximos que aproveitei para conhecer com bate e volta: Berna, Lausanne  e Museu Olímpico de Lausanne.

Cheguei em Montreux de trem usando o Swiss Pass, entenda nesse artigo se vale à pena: Swiss Pass, quando custa e vale a pena?

Ademais, se você está planejando uma viagem a Suíça, peço que considere incluir Montreux no seu roteiro. Pois eu não tenho certeza se as fotos vão dar conta da beleza que é a mistura do lago, dos Alpes e da arquitetura medieval. Isso sem contar o museu dedicado a Fred Mercury e à banda Queen!

 

Um pouco mais sobre Montreux

 

Um pouco mais sobre Montreux e o Lago Léman - Genebra

Um pouco mais sobre Montreux e o Lago Léman – Genebra

 

A capital do cantão (algo como nossos Estados) de Vaud é conhecida como a parte francesa da Suíça e, inclusive, o francês é o idioma oficial. Assim, plantas típicas do Mediterrâneo, como pinheiros, ciprestes e palmeiras, adornam sua paisagem que conta com o branco do Alpes e o azul do Lago Genebra ou Léman.

A princípio, a cidade viveu o seu auge entre os séculos XVIII e XX, especialmente por conta da aristocracia russa que elegeu o local como estação de férias. Por esse motivo, Montreux tem marcas da belle époque em sua arquitetura, com casarões, hotéis de luxo, restaurantes nas montanhas e seu cassino. A perda de prestígio se deu após a revolução bolchevique que instaurou a União Soviética e as duas guerras mundiais.

 

 

Hoje, atrai turistas do mundo inteiro e também seduziu ilustres moradores que acabaram ficando pela região – já falo sobre eles!

 

O que fazer em Montreux, a Riviera Francesa?

Primeiramente, não posso deixar de recomendar uma caminhada pelo calçadão à beira do lago! Afinal, o lugar é lindo, bastante florido e ainda tem a vista para o lago e as montanhas. Não tem como não se encantar! Inclusive, há ainda a opção de passear de barco.

 

Montreux é uma cidade linda com seu lago e suas montanhas

Caminhada as margens do Lago Leman

 

Ademais, é na região do lago que se encontram as principais atrações turísticas de Montreux, como o Castelo de Château de Chillon, o Museu do Queen e o cassino, bem como hotéis, bares e restaurantes. Aproveite também para apreciar as diversas esculturas em seu entorno.

Mas duas coisas me marcaram em Montreux: primeiro, o pôr do sol  entre as montanhas; em segundo lugar, o lindo céu azul todo marcado pela fumaça dos aviões que cruzam o céu de Montreux numa quantidade indescritível. A saber, isso ocorre porque Montreux está a 01h30 de Genebra, onde fica o segundo maior aeroporto da Suíça. E vale ressaltar: o maior aeroporto da Suíça fica em Zurique.

 

 

 

Sem mais delongas, vamos aos pontos principais!

 

Passeio pela orla do Lago Léman

 

 

Também conhecido como Lago Genebra, é às margens dele que estão as principais atrações da cidade de Montreux sobre as quais iremos detalhar abaixo.

No entanto, apenas passear pelas margens do Lago já é uma atração à parte. Principalmente para quem quer curtir a linda paisagem com árvores, flores, maravilhosas esculturas e, ao fundo, as montanhas.

 

 

Além do mais, há bancos e até praia com cadeiras para se aproveitar o sol nas margens do lago.

No entanto, também é possível fazer caminhadas mais longas margeando o lago, podendo-se chegar ao Chateau de Chillon, ou ainda à cidade de Vevey.

 

Passeio de barco pelo Lago Léman/Genebra

Uma excelente atração em Montreux é o passeio de barco pelo Lago Léman. Saindo de Montreux, você pode ir até Lausanne ou ainda fazer um tour até o Chateau de Chillon.

Imagine que incrível navegar num lago cercado de montanhas, curtindo a vista dos vinhedos e das vilas que ficam na margem do Lago Genebra.  Ainda mais que o barco é inspirado na Belle Epoque e há diversas opções de passeios com duração de 1 a 3 horas.

Infelizmente, não conseguimos fazer o passeio porque, no período que fomos, outono, o passeio já estava suspenso. Desta forma, logo que chegar à cidade, verifique as opções de passeios e horários diários de saída. Se você tiver o SwissPass, todos os passeios de barco estão inclusos.

Caso você curta planejar com antecedência, conheça todas as opões de passeios, partindo de Montreux e Lausanne, no site GET YOUR GUIDE e comece agora mesmo o seu planejamento.

 

Montreux Casino e o Museu Queen Experience

Construído em 1881 e antiga sede do Montreux Jazz Festival, o que realmente marca o cassino é a música Smoke on the Water”, do grupo Deep Purple, que relata o incêndio ocorrido no local em 1971, durante um show de Frank Zappa.

 

Cassino de Montreux - Palco de shows que marcaram a música e os festivais de Montreux

Cassino de Montreux – Palco de shows que marcaram a música e os festivais de Montreux

 

Sem dúvida, a música faz parte da história do local. Não apenas por ter sediado o Festival de Jaz e recebido bandas famosas como Led Zeppelin, Pink Floyd e a própria Deep Purple. Mas também por ter sido comprado pelo grupo Queen, que o transformou em estúdio (Mountain Studio) ente os anos de 1979 e 1996.

Atualmente, o Mountain Studio fica no Museu Queen Experience, dentro do Cassino, e pode ser visitado gratuitamente. É possível até mesmo fazer um remix de suas músicas favoritas do Queen na sala de controle.

A visita ao museu nos emocionou bastante. Lá encontramos roupas usadas pela banda, álbuns, fotografias, vídeos e clips. Muito lindo conhecer um pouco da história dessa banda que revolucionou o rock.

Leia tudo sobre o Queen The Studio Experience no artigo abaixo:

 

Queen Experience: passeio imperdível em Montreux

 

Fred Mercury e seu amor por Montreux

Fred Mercury, vocalista da banda Queen, foi a Montreux em 1978 para gravar com seu grupo o álbum “Jazz”. Ao chegar, apaixonou-se pela cidade e decidiu morar lá. Acabou ficando por bons anos e, inclusive, seu último álbum com o Queen, “Made in Heaven”, foi gravado lá, no Mountain Studio.
Além disso, a capa do álbum é uma foto da banda em frente ao Lago Genebra. Portanto, por conta de toda essa história, uma estátua de bronze em sua homenagem foi colocada às margens do lago. E todos que visitam a cidade fazem questão de a visitar, bem como é onde os fãs costumam deixar flores e presentes.

 

Montreux - Estátua em homenagem a Freddie Mercury na orla do Lago Léman

Montreux – Estátua em homenagem a Freddie Mercury na orla do Lago Léman

 

Lavaux

 

Montreux e os seus belos parreirais

Montreux-os-parreirais-

 

A parte suíça em que Montreux se encontra é conhecida pela vinicultura. Por isso, não surpreende que sua paisagem seja cercada por muitos parreirais. Inclusive, há uma grande produção de vinho branco, em especial a partir da uva Chasselas.

O grande destaque, no entanto, é Lavaux, a região produtora de vinho entre Montreux e Lausanne. Cerca de 830 hectares de vinhedos se estendem ao longo de 30 km sobre o Lac Léman. Além de ser a maior produtora da Suíça, Lavaux é considerada Patrimônio Cultural da Unesco desde 2007.

Eu entendo se você não quiser fazer o passeio porque não gosta de beber vinho. Contudo, vou sugerir que você conheça o lugar mesmo assim, pois os belos terraços em que os vinhedos se encontram têm uma vista ainda mais espetacular do lago. Ademais, a visita tem um valor histórico. Embora haja discussão se o vinho começou a ser cultivado pelos romanos ou por monges no século XI, o fato é que é incrível andar por vilas medievais!

 

Château de Chillon

E tem como resistir à tentação de fazer um passeio a um castelo medieval à beira do Lago Genebra? Para mim, sem dúvida, não há como dizer não! Ainda mais sabendo que este é o castelo mais visitado da Suíça. No entanto, eu não consegui visitar por conta da correria da viagem. É claro que me arrependi… por isso, não faça como eu!

O castelo foi habitado por nobres da região a partir do século XII e passou por construções e transformações ao longo do tempo. Para se ter uma ideia, além de abrigar a nobreza, igualmente foi fortaleza, arsenal e prisão. Também pudera: tem uma visão privilegiada e perfeita para fotos!

Paga-se uma taxa para entrar e o acesso acontece todos os dias da semana. No entanto, a minha dica é que você vá cedo, pois há muito o que conhecer, especialmente para os amantes de história!

Inclusive, recomendo que você encare a subida da torre para apreciar a vista. Pode parecer estranho a princípio, já que a escada vai ficando mais estreita e o teto, mais baixo. Mas vale a pena!

Compre o seu ingresso com antecedência no site GET YOUR GUIDE  e garanta a sua visita sem stress ou preocupação.

 

Outras atrações na Riviera Francesa

A partir de Montreux, eu aproveitei para fazer um bate e volta para conhecer Lausanne. Aliás, essa é a maravilha da Suíça: por ser um país menor e com uma boa malha ferroviária, é possível conhecer muitos destinos a partir de algumas cidades-base.

 

Lausanne, na Suíça: o que conhecer em 1 dia

 

Por exemplo, cerca de 7 km distante de Montreux, encontra-se a cidade de Vevey. Além de ser conhecida por ser o lugar onde a Nestlé nasceu, foi também onde Charles Chaplin viveu seus últimos 25 anos de vida. Não só uma estátua marca a vida do artista por ali, como sua casa virou um museu dedicado às suas obras.

Igualmente, não tem como estar tão pertinho dos Alpes e não estender o passeio a uma de suas vilas, não é mesmo? Chateau D´Oex tem um Festival de Balões em pleno inverno, no mês de janeiro. Já Gruyères tem o grande atrativo de ser o local em que se produz o típico queijo base para fondue.

Assim também, Berna, a capital da Suíça, fica a 1h30h de trem de Montreux. Logo, eu aproveitei para conhecer essa linda e histórica cidade. Leia abaixo, tudo sobre Berna:

 

Berna: Roteiro de um dia na capital da Suíça

 

E se você acha que precisa de uma boa desculpa para conhecer a região, saiba que um dos maiores Mercados de Natal do país acontece em Montreux em dezembro. Isso sem falar do Festival de Jazz no meio do ano!

 

E onde se hospedar em Montreux?

Sempre busco estar hospedada próxima das atrações de interesse, assim como dos meios de transporte público. Desta forma, em Montreux, optamos por nos hospedar na região central da cidade, bem em frente ao Lago Léman. Vale ressaltar que não é barato ficar hospedado na Riviera Francesa.

Escolhemos o Hotel Parc & Lac que fica perto de tudo, tem quarto confortável, vista incrível e com café da manhã incluído. Ademais, demos a sorte de a funcionária da recepção era portuguesa, então não tivemos dificuldade com a língua.

Então, se você quiser começar a planejar agora mesmo, pode iniciar a pesquisa de hospedagem e passagem do conforto do lar. Só preste atenção, pois meu roteiro ainda não chegou ao fim e eu ainda tenho mais o que contar!

Lembrando que fiz um roteiro de 17 dias rodando a Suíça de trem e usei o Swiss Pass para acessar todos os trens e até mesmo algumas atrações turísticas.

 

Saiba mais sobre o meu roteiro completo na Suíça. Leia também os artigos abaixo para conhecer esse incrível destino.

 

Interlaken – Um Destino Perfeito Na Suíça

 

Spiez: veja mais belezas do cantão suíço de Berna

 

 

E, SE VAI VIAJAR, BAIXE NOSSOS EBOOKS COM CONTÉUDO GRATUITO SOBRE VIAGEM

Como arrumar sua mala de viagem

Check list de viagem

 

Então não esquece, acesse nossa página de descontos dos parceiros.

 

TENHA TAMBÉM UMA EXCELENTE EXPERIÊNCIA DE VIAGEM USANDO OS SERVIÇOS DOS NOSSO PARCEIROS.

Lembre-se: para trazermos informação de qualidade para você, temos custos fixos, assim COLABORE conosco fazendo suas reservas com um dos nossos parceiros abaixo, você não vai pagar nada a mais por isso, TEM CUPOM DE DESCONTO e nós iremos receber um pequeno percentual do valor da compra.

 

EM PRIMEIRO LUGAR, ENCONTRE SUA HOSPEDAGEM NO  BOOKING.COM

EM SEGUIDA, ENCONTRE SUA MELHOR OPÇÃO DE ALUGUEL DE VEICULO COM A RENTCARS 

COMPRE SEUS TICKETS PARA AS PRINCIPAIS ATRAÇÕES DO MUNDO COM A GET YOUR GUIDE

ALÉM DISSO, ANTES DE VIAJAR COMPRE SEU CHIP INTERNACIONAL: FAÇA A SUA COTAÇÃO AQUI:

VIAJE CONECTADOGANHE 5% DE DESCONTO COM O CUPOM:  VIAJECOMNORMA5

EASYSIM4U

AMERICA CHIP

GANHE 5% DE DESCONTO COM O CUPOM:  VIAJECOMNORMA

 

E FINALMENTE, PARA VIAJAR COM SEGURANÇA,  FAÇA SEU SEGURO VIAGEM COM A SEGUROS PROMO

GANHE 5% DE DESCONTO COM O CUPOM:  VIAJECOMNORMA5

 

Seguro Viagem: Europa
Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Assistência médica EUR 40.000 Bagagem extraviada EUR 500 (SUPLEMENTAR) R$ 20/dia*
AC 60 EUROPA AC 60 EUROPA Assistência médica EUR 60.000 Bagagem extraviada EUR 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 20/dia*

 

E PASSAGEM AÉREA É COM A PASSAGENS PROMO

GANHE 5% DE DESCONTO COM O CUPOM:  VIAJECOMNORMA5

 

 

A FIM DE TER UMA MELHOR EXPERIÊNCIA DE VIAGEM, COMPRE TUDO QUE VAI PRECISAR NA AMAZON.COM

 

 

E NÃO ESQUECE: DEIXE O SEU COMENTÁRIO E SE INSCREVE NA NEWSLETTER. Ficarei muito grata.

0

Comentários:

  • Avatar

    Deyse Marinho

    26 de junho de 2020

    uau! Como é linda a Riviera francesa. Amei descobrir quantas coisas lindas e bacanas dá para se fazer em Montreux. Parabéns pelo texto! Amei as dicas!

    Resposta...
  • Avatar

    Lúcio Fábio da Costa Junior

    29 de junho de 2020

    Apaixonado por Montreux. Quero muito conhecer a Riviera Francesa. Adorei o post repleto de informações, dicas e fotos que enchem os olhos. Certamente, usarei como meu guia!

    Resposta...
  • Avatar

    Gisele Prosdocimi

    30 de junho de 2020

    Que post maravilhoso é Montreux o que fazer na Riviera Francesa, Norma. Quantas atrações interessantes e que cenário mais lindo, o lago então, nem se fala, é bonito demais.
    Se fosse visitar a cidade, adoraria fazer como o Fred Mercury e ficar por lá mesmo, rsrs. Beijos.

    Resposta...
  • Avatar

    Hebe

    1 de julho de 2020

    Que lugar lindo Norma, Montreux é um sonho e a Riviera Francesa também,. Não vajo a hora de ver tudo isso de pertinho. Ah, e que máximo essas esculturas pela rua heim….

    Resposta...
  • Avatar

    Noelia

    1 de julho de 2020

    Nossa que demais a Riviera Francesa! Adorei as dicas do que fazer em Montreaux, já anotei aqui sobre os meses do festival de jazz já que é minha música preferida. Obrigada pela dica

    Resposta...
    • Avatar

      Noelia

      1 de julho de 2020

      Saiu errado o nome da cidade Montreux! Desculpe!

      Resposta...
  • Avatar

    Maria

    2 de julho de 2020

    No seu post sobre o que fazer na Riviera Francesa eu viajei nos detalhes. Deu para imaginar a beleza e as características de cada local explicado e deu muita vontade de conhecer. Valeu pela explicação.

    Resposta...
  • Avatar
    2 de julho de 2020

    Eu não conheço essa região da França e está na minha lista de desejos, realmente parece uma região dos sonhos. Belíssima!!!!
    obrigada por nos mostrar um pouco dessas belezas

    Resposta...
  • Avatar

    ANGELA MARTINS

    2 de julho de 2020

    Fiquei encantada com Montreux ao ler o seu post! Ótimas dicas do que fazer na Riviera Francesa. Essa região ainda não conheci mas já tenho vontade!

    Resposta...
  • Avatar
    26 de agosto de 2020

    Montreaux entrou definitivamente na lista de desejos após esse relato completo. Obrigada pelas dicas, quero muito colocar em prática logo que for possível!

    Resposta...

postar o comentário